ENSAIOS DE INTEGRIDADE INTESTINAL

A integridade das mucosas é crucial para a saúde e o bom desempenho de animais de Produção. A manutenção da barreira intestinal depende do bom funcionamento das bombas de íons no epitélio, da força da junção entre os enterócitos e da qualidade destes.

A importância da integridade intestinal se baseia no conceito de que situações de estresse, desafio microbiano, presença de micotoxinas ou desafio nutricional afetam a integridade do epitélio. Por consequência, a perda de integridade influencia no aporte energético, no trânsito intestinal e na barreira de defesa contra patógenos.

Através das técnicas in vivo e in vitro, pode-se identificar substâncias que preservam a integridade intestinal assim como o efeito de pre/probióticos, nutrientes específicos, vacinas de mucosas, entre outros.

Ensaio de permeabilidade intestinal in vivo

Essa análise é baseada no fornecimento por via oral ao animal de uma macromolécula marcada. Uma vez que essa molécula não deve sofrer absorção, a localização desta na circulação do animal é um indicativo confiável de uma menor força de junção entre os enterócitos. Estados inflamatórios no intestino, por exemplo, fazem com que maior quantidade do marcador passe do intestino para o sangue.

Avaliação intestinal in vitro

Da mesma forma que na plataforma in vivo, com o auxílio de câmaras específicas pode-se medir a passagem de macromoléculas in vitro utilizando-se fragmentos intestinais oriundos de necropsia. Além da permeabilidade, podem ser feitas medidas eletrofisiológicas capazes de demonstrar de forma objetiva a função do tecido e integridade das junções entre enterócitos.